domingo, 22 de maio de 2011

Bianca entre a Ferrugem



A Bianca está quase a soprar a sua primeira vela. Um número inconfessavelmente baixo de quilómetros tem ajudado a manter-lhe a juventude e a beleza das formas que lhe foram moldadas em Pontedera. Todo um contraste com a ferrugem, desgaste e as cores quentes esbatidas dos equipamentos ferroviários desta estação da linha do Oeste.   

 














 





2 comentários:

Leo_Dueñas disse...

Bella Bianca, bella!!

Abraço,
Leo
http://motonetaseafins.blogspot.com/

VCS disse...

Leo,

A Bianca pediu-me para agradecer o elogio :)

Um abraço,
Vasco