domingo, 10 de fevereiro de 2013

Combate ao Frio




Tenho estado em pousio, a cumprir apenas os quilómetros mínimos semanais aptos a manter as baterias em níveis aceitáveis. As minhas e as das scooters.


Quando olho para o calendário com linhas por trimestre, já consigo ver a ida à Serra da Estrela. Talvez animado por essa proximidade no horizonte dos meus dedos, não resisti a comprar uma manta térmica para as pernas para instalar na Helix. Sim, estou... amantizado :). Na verdade, já tenho há muito um avental daqueles à sapateiro, mas que apenas posso usar - e uso pouco - na Bianca. Devido ao seu formato não é possível utilizá-lo em scooters com os pés para a frente como a Helix. Quem vai passando por aqui sabe que a Bianca não tem sido a minha escolha para viagens, facto que se aliou a um preço tentador para resultar numa compra impulsiva, algo realmente raro em mim.


Hoje fiz alguns testes para verificar se o dito thermo scud funciona bem, e já percebi que tenho que melhorar o ajuste das cintas. Na Helix também não ajuda o facto de ter um travão de pé no ski direito e próximo da saída da plataforma, o que dificulta a fixação da cinta e potencia um desagradável risco de prisão indesejada do pé. Algo a que, por coincidência, estou ainda a habituar-me recentemente depois de comprar uns pedais de encaixe para a minha bicicleta de estrada.





A combater o frio, de pés mais ou menos presos, mas com vista para um horizonte que perspectiva novas viagens com o céu mais azul.


9 comentários:

barreto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
barreto disse...

eu sabia que não era o único já a pensar na serra... (http://www.vermelhossangue.blogspot.pt/2013/02/outra-vez-claro.html)

experimenta usar fitas autocolantes de velcro na lateral cinzenta do ski, para melhor fixar a "mantinha" na zona dos pés

Rui Tavares disse...

Bem instalado num sofá, é obrigatório uma manta, pois claro.

Leo_Dueñas disse...

Um raro autorretrato de Vasco Silva em seu próprio blog! Obviamente de uma distância da câmera suficientemente segura para que não seja interpelado nas ruas com pedidos de autógrafos.

Vasco, seguindo o seu bom exemplo, finalmente fiz minha viagem solo em estrada. Do Rio a São Paulo, cerca de 460 km, alguns dos melhores momentos que passei nos últimos anos. Estou orgulhoso da minha PX200S.

Abraço,
Leo

Castanheira disse...

Boas caro Vasco,
Em relação ao Termoscud da Bianca, onde é que o compráste?
Foi em loja local, ou na net?
Continuação de bons passeios e excelentes fotos.
Abraço
Castanheira

VCS disse...

Barreto,

Vou considerar essa tua sugestão dos velcros para prender melhor a manta, mas não sei até que ponto encontrarei suficientemente fortes para esse efeito.

Um abraço,
Vasco

VCS disse...

Rui,

Ora aí está um título mais adequado para o post: "O Sofá e a Manta".

Abraço,
Vasco

VCS disse...

Leo,

Do Rio a São Paulo na PX e nem um post sobre a viagem no motonetas e afins ?!? É preciso implorar ?!? :)

Fico contente que tenhas encontrado tempo e disponibilidade para essa viagem.

Abraço,
Vasco

VCS disse...

Castanheira,

O scud que uso na Bianca é de avental, isto é, fica preso à cintura do condutor, e não à Vespa. A marca é Held, e comprei na Motovest, que é simultaneamente uma loja física (Av. de Roma, em Lisboa) e também tem loja net.

Quanto ao scuds para instalar nas nossas GTS, do que tenho ouvido de vários utilizadores que têm o original da Vespa, e o concorrente da Tucano Urbano, julgo que a opinião é mais favorável a este último, essencialmente por causa dos estabilizadores laterais que são muito úteis a alta velocidade.

Um abraço,
Vasco