sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Camping


A experiência diz-me que amanhã será difícil manter-me focado a trabalhar durante o dia. Amanhã, por esta hora, o Camping já estará a rolar. 

A Helix já está bem carregada na garagem, com objectos como latas de feijão para a sopa comunitária do Barreto, um iglo, um martelo de madeira e um saco-cama. Tudo nomes que só aparecem escritos no post it amarelo e só saem à rua no último fim de semana de Setembro. 

A ideia da viagem, do camping passageiro e do encontro com amigos supera o desconforto da pequena adversidade. Até atropela a atenção que é suposto dedicarmos às nossas actividades diárias, sem nos pedir licença primeiro. Impõe-se-me. Se calhar porque já sei que quando uso a scooter relaxo, o  que representa um antídoto ao rigor do compromisso profissional quotidiano e potencia  uma maior disponibilidade natural para se ser curioso e observador. Para procurar as coisas simples.         

Enquanto ajustava a bagagem com os esticadores, ouvia a chuva a cair lá fora, impiedosa. Não quis reprimir o sorriso.  

2 comentários:

Júlio disse...

Ia na minha bicicleta a caminho da Massa Crítica (http://www.massacriticapt.net/) quando reparei na Helix atestada! Lembrei-me logo: Tamanco!!! Deixei lá um bilhete, em jeito de brincadeira e desejo de boa viagem!
Ainda não foi desta que fui ao Tamanco mas é uma ausência que já me vai fazendo mossa. É uma chatice não poder estar em dois lados ao mesmo tempo!
Entretanto: enjoy the Tamanco! Ah... e não venhas com aquela conversa de que "what happens in Tamanco stays in Tamanco"! Fico à espera da crónica!!
Abraço
Júlio

VCS disse...

Grande Júlio, bela surpresa:)
O teu bilhete viajou entre os esticadores e a carga e chegou ao Tamanco. O mestre Bob fotografou-o junto ao pára-brisas. Entretanto durante o fim de semana a Helix andou de mão em mão e foi o próprio Bob, aos comandos da Helix (inédito!!), que me veio dizer que tinha voado um bilhete por cima do quadro de instrumentos. Ficou no Tamanco :)